Boa Esporte perde o 4º patrocinador por causa da contratação de Bruno

Definitivamente a contratação do goleiro Bruno não repercutiu bem para a equipe do Boa Esporte. O clube tem lidado com uma insatisfação generalizada que tem trazido sérios prejuízos. Nesta segunda-feira (13), mais três patrocinadores insatisfeitos com o “reforço” da equipe para a temporada, anunciaram o fim da parceria, entre eles o Grupo Góis & Silva, patrocinador máster do clube. A empresa tomou a decisão após perceber a repercussão negativa da chegada do ex-atleta do Flamengo.
Com a saída do Grupo Góis & Silva, já são quatro empresas que romperam o patrocínio ao Boa Esporte: Cardiocenter Varginha, Magsul Ressonância Magnétic e Nutrends Nutrition.

Veja na íntegra a nota do Grupo Góis & Silva:
Integrantes da diretoria e o CEO do Grupo Góis e Silva reuniram-se na manhã desta segunda-feira 13 de março de 2017 junto a diretoria do Boa Esporte Clube de Varginha pedindo ao clube que reavaliasse sua posição a respeito da contratação do goleiro Bruno em virtude do forte apelo social.
Diante da decisão de manter a contratação do Goleiro Bruno por parte da diretoria do Boa Esporte Clube, o até então patrocinador Master do clube o Grupo Góis e Silva reitera sua posição e anuncia oficialmente que não é mais patrocinador do clube de Varginha.
Com o término do contrato, o Grupo Góis e Silva pede a retirada de suas marcas (Grupo Góis e Silva, Dengue Control e Fazenda Ouro Velho) das camisetas, redes sociais e todos os demais canais de comunicação do Boa Esporte Clube. Ficou acordado consensualmente um período operacional para o clube apresentar seu novo uniforme sem as marcas do Grupo Góis e Silva.




Radar da Bahia

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.