Novidades

Delivery além da pizza: tem maniçoba, caranguejo, caruru, petiscos e doces

Já foi o tempo em que pedir comida em casa se reduzia a duas opções: pizza e japonês. Graças aos deuses da gordice, nossos desejos foram atendidos e encontramos marcas que se especializaram em delivery que vão de caranguejo, lambreta e petiscos de bar a maniçoba e caruru.

“A minha ideia era que as pessoas comessem caranguejo, de pijama, na varanda”, conta Felipe Quintas, que há menos de um ano lançou o Siriguejo Delivery.

A marca faz entregas de frutos do mar até em Guarajuba e prepara os pedidos na hora, do jeito que o cliente quer, literalmente. “Até hoje, o mais exótico foi caranguejo ensopado, com carne seca dentro. E não é que ficou bom?”, garante o empresário.

Na era da lei seca e de multas astronômicas, a vontade de trazer o bar para dentro de casa fica latente. O Mega Petisco faz isso ao entregar opções que a gente está acostumado a comer nos botecos da vida. A empresa aproveita os recipientes mais conhecidos das comidas em domicílio - a barca de sushi e a caixa de pizza - para acomodar  gostosuras que passam bem longe de quem faz dieta. “O bacana é oferecer combos com muitas opções juntas. Deu muito certo por isso”, revela a empresária Elisângela Andrade.

Para você inovar, tanto nas festinhas em casa quanto na noite dedicada à Netflix, selecionamos cinco opções de delivery. Como diria nosso amigo Walter Mercado, na década de 90, ligue já!

No balde, caranguejos chegam à sua casa pelando; O pirão é vendido separadamente e pode ser preparado ao gosto do freguês (Fotos: Angeluci Figueiredo)
Do mar para a mesa - Siriguejo Delivery
Sabe aquele trabalhão de limpar caranguejos e lambretas? Você não precisa mais pensar nisso quando bater vontade de comer frutos do mar. A marca surgiu há menos de um ano e leva para sua casa produtos frescos, vindos dos litorais Norte e Sul do estado.

Ítens como caranguejos (R$ 7,90 a unidade) e guaiamuns (R$ 11,90 a unidade) são preparados na hora, ao gosto do freguês, e chegam pelando, acondicionados em baldes práticos. O cliente pode escolher se o crustáceo leva coentro, cebolinha, vem à moda sergipana (com vinagrete) ou é preparado com óleo de coco e até sal do himalaia, esses dois últimos com acréscimo de R$ 10.

O pirão é vendido à parte (R$ 11,90 serve dois), mas fique atento que promoções sempre rolam. O menu também inclui lambretas (R$ 45,90 duas dúzias), pastéis aperitivos de aratu, siri, caranguejo (R$ 29,90 a porção com 12 unidades), arroz afrodisíaco com frutos do mar e amendoim (R$ 59,90 para dois) e moquecas. A mista de camarão e peixe sai por R$ 69 (para dois).

Pedidos e entregas: de terça a domingo, das 10h às 21h. Segundas são reservadas apenas para encomendas 
Mínimo: cinco caranguejos | Taxa de entrega: de R$ 10 a R$ 20, dependendo da região | Ligue já: 71 3345-1006 / 99610-0082

Dendê na veia e no prato - Dra. Caruru
Você pode quebrar a tradição de comer comida baiana apenas às sextas-feiras e mergulhar no dendê qualquer dia da semana. O menu oferece porções congeladas de 500g de pratos tradicionais como caruru, vatapá, feijão fradinho (R$ 28 cada), xinxim de galinha (R$ 35), moqueca de peixe (R$ 45) e de camarão (R$ 60). Tudo feito de forma caseira e cheia de sabor.

Pedidos e entregas: diariamente| Mínimo: não tem | Taxa de entrega: o cliente pode buscar na Barra ou contratar motoboy. Varia de acordo com o bairro | Ligue já: 71 3017-3676 / 99974-2606.

Caixa de pizza e barca de sushi carregam uma grande variedade de pestiscos
Junto e misturado - Mega Petisco Delivery
Batata frita, carne de sol, camarão ao alho e óleo, calabresa acebolada, hambúrguer, coxinha, empada, frango e cebola empanados são alguns itens do cardápio de todo boteco que se preze.

Com apenas um telefonema ou conversa de whatsapp, eles também podem chegar - todos juntos - para aquele happy hour em sua casa. O kit menor é servido na barca que, tradicionalmente, carrega sushis (R$ 34,99). Já os maiores vêm em caixas de pizza (de R$  35,99 a R$ 66,99) e têm dez opções de combinação. Para aqueles que não abrem mão de sobremesa, as barcas doces também levam brigadeiros tradicionais, de paçoca e beijinho (R$ 15). 

Pedidos e entregas: de terça  a sábado, das 19h às 23h; domingo, das 15h às 22h | Mínimo: não tem | Taxa de entrega: varia de acordo com o bairro (inclusive alguns da Região Metropolitana de Salvador) | Ligue já: 71 99145-2612

Receita de vó do recôncavo - Maniçobaria
O preparo que pode levar até uma semana é apenas um dos segredos da maniçoba, prato à base de folha de mandioca que faz a cabeça de baianos e paraenses. Por aqui, a tradição é forte em Cachoeira, no Recôncavo.

Desde 2014, a receita da família Chagas faz sucesso na capital também. O ingrediente secreto - o camarão seco - teve que ser revelado por causa das alergias frequentes ao crustáceo. Atualmente, a marca está testando também uma versão sem o item.

A iguaria é vendida em três tamanhos: 250 g (R$ 18), 400 g (R$ 29) e  900 g (R$ 47), para uma, duas ou três pessoas, respectivamente. Em geral,  é entregue congelado e tem validade de seis meses. No entanto, se o cliente quiser fervendo, também pode pedir.

Pedidos e entregas: podem ser agendados diariamente, com 24h de antecedência | Mínimo: não tem | Taxa de entrega: varia de  acordo com o local | Ligue já: 71 4111-1009 
www.manicobaria.com.br

Para pronta entrega: queijos, requeijão, brigadeiro gourmet, doce de leite, goiabada cascão e cachaça
Minas é logo ali, uai - Oxe, é de Minas 
Que Minas Gerais é a terra dos doces e queijos, todo mundo sabe, mas só alguns descobriram que produtos artesanais de diversas regiões do estado vizinho podem ser encontrados com facilidade por aqui também. E, melhor, na porta de casa.

A peça do queijo canastra, eleito um dos melhores do mundo, sai por R$ 25 (aproximadamente 550 g). O requeijão de rapa não deve nada ao primo mais famoso. Feito com aquelas casquinhas queimadas que ficam agarradas no fundo do tacho, ele esbanja maciez e derrete na boca (R$ 24, cerca de 550 g). A muçarela recheada com requeijão é outro item que faz sucesso por aqui (R$ 25 peça de 550 g).

E como todo salgado também pede um doce como complemento, a marca também promove esse encontro. A goiabada cascão de Ponte Nova, um patrimônio imaterial de Minas, é vendida por R$ 28 (550g). Já o doce de leite, com a mesma rapa de tacho, sai por R$ 25 (frasco de 700 g).

Pedidos e entregas: diariamente | Mínimo: não tem | Taxa de entrega: retirada na Pituba ou entrega com motoboy, varia de acordo com o local . Grátis para pedidos acima de R$ 150 | Ligue já: 71 99310 4553.



Correio da Bahia

Nenhum comentário