Novidades

Ex-prefeito de Simões Filho é condenado por fraude na compra de impressoras

Mesmo longe da Prefeitura Municipal de Simões Filho onde foi prefeito nos últimos oito anos, Eduardo Alencar vai se complicando a cada dia com a justiça. Ele foi condenado á suspensão dos direitos políticos  juntamente com mais sete réus e estão proibidos de fechar contratos com o Poder Público por três anos devido a fraude na aquisição de impressoras para a Secretaria de Educação do município de pouco mais de 130 mil habitantes.
A Juíza Federal Roberta Dias Gaudenzi acatou a denuncia do Ministério Público Federal, e efetuou a condenação. De acordo com a decisão da magistrada, houve um conluio dos particulares com o ex-prefeito e os membros da Comissão de Licitação, que simularam uma licitação para desviar verbas públicas do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) por meio de fraude. 

Leão Matos, que se negou a participar do processo, mesmo tendo recebido o convite, proprietário da Eletroinformática confirmou a denuncia.

Os sete réus também condenados pela Justiça Federal, não tiveram os nomes divulgados. 



Por Ataíde Barbosa/Foto: Mateus Soares/Bahia.Ba

Nenhum comentário