Madre de Deus: Brincadeira entre vereadores gera mal-estar nos bastidores da Câmara

Uma “brincadeira de bastidores” deu o que falar nesta quinta-feira (2), na Câmara de Vereadores do município de Madre de Deus. A confusão começou após o vazamento de um comentário do presidente da Câmara, vereador Marden Lessa (PCdoB), afirmando que poderia indicar o nome do vereador da oposição, Juscelino (PPS), para assumir a liderança do governo de Jeferson Andrade (DEM) na Casa.

O cargo está vago após a saída do vereador Marden Lessa (PCdoB) que assumiu a presidência da Casa em janeiro. O PPS, que tem a maior bancada na Casa, é composto pelos vereadores Juscelino, Adenailton Kikito e Pastor Melquisedeque. Há quem diga que o vereador Juscelino pode assumir a vaga, mas teria que abrir a mão do partido.
Em entrevista ao programa Baiana Livre, o vereador Marden Lessa negou a possibilidade de um dos vereadores da oposição assumir a liderança do governo na Casa. “Não tenho nada contra ao vereador Juscelino, mas se o prefeito Jeferson vier a comunicar, pedir orientação ao vereador Marden, ex-líder do governo e, hoje, presidente da Casa, com certeza não será nenhum dos vereadores que compõe a oposição daquela casa. Estarei aqui indicando nomes dos vereadores que compõem a base que elegeu o prefeito Jeferson junto com a minha cidade. Não posso brincar de fazer política”, disse o presidente.

Ele ressaltou ainda que a fala foi uma ‘brincadeira de bastidores’. “Houve uma brincadeira nossa, como há nos bastidores dos comunicadores e médicos, houve entre os políticos na Sala Vip, um dos vereadores estava presente. A brincadeira foi nesse sentido de abrir os braços. Eu disse a Juscelino que pela experiência dele, o grupo Jeferson Andrade está de braços abertos para recebe-lo assim como qualquer outro, porque acordo político nós não rejeitamos de ninguém”, explicou.

Por outro lado, Juscelino negou ter recebido o convite. “Na verdade, Marden não teve nenhuma conversa comigo. Ele fez uma brincadeira nos bastidores com alguns vereadores presentes, dizendo que poderia ter alguém da oposição líder do prefeito. Existe uma bancada na oposição onde faço parte e acredito que se tivesse esse convite teria que colocar para a bancada. Não poderia tomar decisões isoladas, fora da bancada. Acredito que o governo tem vereadores bons para ser líder do prefeito, jamais precisaria da oposição para ter um líder e defende-lo”, disse o vereador.

Ele não descartou a possibilidade de migrar para a bancada da situação. “A bancada não decide para onde eu vou. Só que temos um relacionamento entre vereadores que tem que ser conversado”, reiterou Juscelino.

No entanto, o prefeito Jeferson Andrade ainda não se manifestou sobre assunto. O anúncio deve ser feito pelos próximos dias pelo democrata.



Baiana FM

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.