Salvador e RMS registram média de seis homicídios por dia, em fevereiro

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, o mês de fevereiro registrou, 176 homicídios em 28 dias, uma média de seis assassinatos diários em Salvador e Região Metropolitana. Em relação ao mesmo período do ano passado, não houve alteração: os números são exatamente iguais.

Na capital, a maioria dos homicídios (59) está concentrada no Miolo Central, região que abrange todas as Cajazeiras, além dos bairros de Pau da Lima, Águas Claras e São Cristóvão, entre outros. O Subúrbio Ferroviário – que já despontou como área mais violenta de Salvador – registra retração nos números e, em fevereiro, contribuiu para a estatística com 11 ocorrências: Periperi e Lobato, com três assassinatos cada, lideram o ranking, seguidos de Coutos (2) e Rio Sena (2). Em Itacaranha, houve um caso.
Os outros 36 homicídios que tiveram a capital como cenário estão pulverizados por toda a cidade. Itapuã e Liberdade, cada um com quatro casos, seguidos de Candeal, com três, foram os bairros em que houve maior concentração de mortes violentas no mês.

Com 24 assassinatos – o equivalente a 34% dos 70 casos de toda a RMS – Camaçari e seus distritos se destacam no ranking na região. Em seguida, vêm Dias D’Ávila (12) e Simões Filho (11).

Entre os homicídios registrados em fevereiro, dois estão associados diretamente ao Carnaval de Salvador. e ocorreram no Circuito Dodô (Barra-Ondina).



Radar da Bahia

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.