Novidades

Lava Jato: Empresas alvos da operação demitiram quase 600 mil pessoas

A desculpa foi à recessão, mas as principais empresas demitiram cerca de 600 mil pessoas após a deflagração da Operação Lava Jato que investiga esquema de corrupção que envolve a Petrobrás, empreiteiras e agentes do governo.
Além disso, a queda do preço do petróleo e a redução de gastos do governo foram fatores determinantes, segundo a publicação do Estadão.


Segundo o jornal, entre 2013 a 2016, os postos fechados de emprego foram equivalentes a 5% do total das pessoas que entraram na fila do desemprego.


Em 2013, o total era cerca de 1,1 milhão de desocupados no país, esse número pulou para 12,3 milhões em 2016.


As principais empresas envolvidas pediram recuperação judicial alegando dificuldades.


O maior corte foi na Petrobrás, em 2013, ela tinha 446.291 mil funcionários, já em 2016 baixou para 186.384, uma redução de 58% em três anos.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário