Novidades

Madre de Deus: Professores encerram greve após 16 dias

Após 16 dias parados, os professores da rede municipal de ensino de Madre de Deus encerram a greve, em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (19). Com o fim do movimento, as aulas deverão retornar ainda hoje. O acordo firmado com a prefeitura definiu o reajuste de 5% para este mês e mais 1% em maio, caso haja incremento na receita do município. O projeto de lei que autoriza o reajuste será votado na sessão extraordinária da Câmara de Vereadores que acontece nesta quarta.

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) decretou a ilegalidade da greve dos professores do município de Madre de Deus nesta terça-feira (18). A decisão da desembargadora Maria de Fátima Silva Carvalho determinou o retorno imediato dos servidores da educação as salas de aulas e estabeleceu multa de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão, além do desconto dos dias parados dos grevistas.

A categoria reivindicava reajuste salarial de 6,47%, com retroativo, e melhores condições de trabalho. Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Madre de Deus (SindiMadre), 70% dos funcionários aderiram à greve. Na última rodada de negociação, a Prefeitura ofereceu um índice de 5 %.


*Baiana FM

Nenhum comentário