Novidades

Alerta: Confira o significado das cores da urina

A urina é um dos instrumentos mais importantes quando o assunto é medir a saúde do organismo. Muito mais do que eliminar toxinas, a urina e sua cor e o aspecto podem falar muito sobre a saúde. Alguns tons ou características, podem, inclusive, ser sinal de algum problema mais sério. 

Segundo o Dr. Marcos Vieira, presidente e nefrologista da Fundação Pró-Rim, é importante saber identificar características que possam revelar algum problema, especialmente nos rins. Confira abaixo as dicas do profissional para cada cor e sinal da urina: 

Bem clara: pode indicar que esteja tomando água em excesso. E ao contrário do que se pensa, a ingestão exagerada de líquidos também pode ser um problema, pois sobrecarrega os rins e traz à perda de sais, inchaço, sonolência e mal-estar.

Amarelo claro: essas são cor ideal.

Amarelo escuro: considerado normal, porém é um sinal de que precisa ingerir mais água.

Ambar ou mel: esse é um sinal de desidratação. É importante beber mais água.

Laranja: pode indicar falta de água ou pigmentos de comida. Se persistir pode ser problemas de fígado ou na vesícula. É importante consultar um médico e realizar um exame para descartar qualquer problema.

Espuma ou efervescente: se for persistente, indica o excesso de proteína ou algum problema renal. Consulte um nefrologista.

Rosa ou avermelhada: se for persistente, pode indicar problemas no fígado, rim, próstata, infecção ou ainda um tumor.

Acastanhada: indica desidratação severa ou problemas de fígado.

Azulado ou esverdeado: pode ser de comida, medicação ou ainda, infecção bacteriana.

É importante ainda lembrar que o bom aspecto da urina pode ser mantido com a ingestão de água na quantidade correta, 1,5 a 2 litros por dia. Pessoas que praticam exercício físico ou em dias muito quentes devem ingerir quantidade maior. 



*IBahia

Nenhum comentário