Novidades

DESCONTENTE: SSP volta a criticar Atlas da violência e divulga números “oficiais” de Simões Filho

A Secretaria da Segurança Pública continua contestando os números divulgados pelo Atlas da Violência 2017. A pesquisa apontou os municípios de Lauro de Freitas, Simões Filho, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Barreiras, Camaçari, Alagoinhas e Feira de Santana na lista das 30 cidade mais violentas do Brasil.

A SSP, porém, diz que as estatísticas oficiais “não representam a realidade”. Os números do Atlas mostram que Lauro de Freitas tem a taxa de 97,7 mortes por 100 mil habitantes. A pasta discorda e pondera que a que a cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS) registrou 65,8 mortes por 100 mil.

Já Simões Filho apresentou 87,8 mortes por 100 mil e não 92,3 como divulgado. Há discrepância também na contabilidade de mortes em Teixeira de Freitas, que apresentou, segundo a SSP, 72,2 de taxa e não 88,1.

A secretaria aponta equívocos da pesquisa ainda nos municípios de Porto Seguro (Atlas: 86 X SSP:77), Barreiras (78 X56,5), Camaçari (77,7 X 77), Alagoinhas (75,7 X 64,7), Eunápolis 75,1 X 57,4) e Feira de Santana  (68,5 X 53,3).




*Simões Filho Online

Nenhum comentário