Novidades

Jovem que teve testa tatuada como “vacilão” começa a remover marca

O menor de idade que teve uma tatuagem de “eu sou ladrão e vacilão” na testa após ter tentado furtar uma bicicleta em São Paulo passou pela primeira sessão para retirar a marca, colocada na testa. O jovem, de 17 anos, está em uma clínica de reabilitação onde o adolescente faz tratamento contra o vício do crack e álcool na Grande São Paulo.

Foi apenas a primeira de dez sessões a que ele será submetido. Não há como fazer tudo de uma vez. Ele vai precisar de pelo menos dez meses para que todo o tratamento seja concluído. Até março do ano que vem ele deve terminar os procedimentos.

O jovem não vai pagar pelas dez sessões. Ele está em duas jornadas difíceis: se livrar da tatuagem-castigo e o mais difícil, que é se livrar da dependência química, esta que é uma das situações mais complicadas para os dependentes químicos.

Só para lembrar: O jovem foi tatuado no dia 9 de junho em São Bernardo do Campo, ABC paulista, pelo tatuador e músico Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos. Ele e o vizinho, o pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, foram identificados e presos pela polícia após compartilharem o vídeo nas redes sociais em que puniam o adolescente infrator.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário