Novidades

Mais de 900 pessoas morreram no Iêmen por causa de surto de cólera

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira, dia 12, que um total de 923 iemenitas já morreram em função do surto de cólera no país desde 27 de abril. 
"Um total acumulado de 124,002 casos suspeitos de cólera e 923 mortes associadas foram relatadas no Iêmen desde 27 de abril de 2017", informou a organização em sua conta no Twitter.

O surto de cólera no Iêmen foi divulgado pelas autoridades sanitárias do país em 6 de outubro de 2016. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 7,6 milhões de iemenitas vivem em áreas com alto risco de transmissão da doença.

O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) caracteriza a situação no Iêmen como "a maior crise humanitária do mundo", com 18,8 milhões de pessoas necessitando de ajuda humanitária ou de proteção, incluindo 10,3 milhões de pessoas em risco eminente de vida.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário