Novidades

Simões Filho: Direção Médica se pronuncía sobre denuncia de adolescente

Uma denuncia feita pela adolescente Émile dos Santos de 17 anos, ganhou uma proporção muito grande em Simões Filho e toda Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com a denuncia da jovem, o médico não retirou do seu corpo toda a placenta que envolvia o bebê. 
Em entrevista ao Panorama de Notícias, a Diretora Médica do Hospital Municipal de Simões Filho Drª Elizabeth Dantas, falou sobre o assunto. 

"O pronunciamento do hospital em relação ao ocorrido é que à adolescente foi admitida aqui em trabalho de parto, foi feito o parto normalmente e aconteceu com ela o que acontece com algumas pacientes em alguns lugares do mundo, independente de onde elas estejam. No delivramento da placenta pode acontecer de ficar retido algum resto placentário, isso não é identificado logo no primeiro momento porque a paciente está com o útero grande, ela vai sangrar, e ai ela evoluiu normalmente, foi pra casa e foi reinternada depois de sete dias com infecção, que já é o resto placentário e isso foi feito uma curetagem que é um procedimento que é feito, é um protocolo onde ela fez antibiótico terapia durante sete dias na unidade e recebeu alta em boas condições. O que o hospital tem pra reiterar é que foi feito tudo que se faz, tudo que se é permitido fazer conforme o protocolo determina" explicou. 


Por Ataíde Barbosa







Nenhum comentário