Novidades

Prefeitura de Camaçari abre inscrições para mais de 200 vagas Reda




A Prefeitura de Camaçari divulgou dois editais de processo seletivo simplificado sob Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) para contratação temporária de profissionais. Serão 272 vagas abertas para médicos, vigilantes e auxiliares de limpeza. 

O primeiro edital compreende os cargos de auxiliar de limpeza (109 vagas, sendo 103 para ampla concorrência e seis para pessoa com deficiência) e vigilante (96 vagas, sendo 91 para ampla concorrência e cinco para pessoa com deficiência), ambos com jornada semanal de 40 horas. A inscrição será realizada entre os dias 4 e 6 de setembro.


O outro edital é direcionado para os cargos de médico em quatro especialidades: psiquiatria (4 vagas); pneumologia (1), reumatologia (1), hematologia (1); além de 42 vagas para socorristas (sendo 39 para ampla concorrência e três para pessoa com deficiência) e 18 para médicos que atuarão no Programa de Saúde da Família (PSF), sendo 17 para ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência. Os cargos terão uma jornada semanal de 20 horas e as inscrições ocorrem de 4 a 13 de setembro.



Para ambos os processos a seleção ocorrerá através de analise curricular, de natureza classificatória e eliminatória, além de entrevista, de natureza classificatória apenas. Os candidatos serão ainda submetidos a exames médicos pré-admissionais, de natureza eliminatória.




As remunerações dos cargos variam de R$ 937,00 para as funções de vigilantes e auxiliar de limpeza e de R$ 3.929,17 a R$4.715,00 para os médicos.  




A inscrição é gratuita e realizada através do Portal da Prefeitura (www.camacari.ba.gov.br), onde estão publicados os dois editais, com demais informações a cerca do certame. Os candidatos devem ficar atentos aos pré-requisitos para participar do processo seletivo, como documentação obrigatória e requisitos básicos.  



*IBahia


Um comentário:

  1. O problema é a tal analise curricular. Pois se for utilizado os mesmos critérios do REDA de Simões Filho ninguém vai entender o método utilizado para os classificados no concurso.

    ResponderExcluir