Casal canibal é preso da Rússia; Celular perdido ajudou a polícia a localizar criminosos



Um casal acusado de 30 assassinatos e de atos de canibalismo cometidos ao longo dos últimos 20 anos foi preso na Rússia nesta segunda-feira (25). Um celular encontrado na rua e entregue a polícia contribuiu para a prisão. 

O aparelho continha fotos de uma pessoa posando ao lado dos membros decepados de uma mulher. Os oficiais rastrearam o responsável pelas imagens e prenderam Dmitry Baksheev, de 35 anos, e sua esposa, Natalia, no dormitório da academia militar da cidade. Um balde ensanguentado foi encontrado no local.



*Bahia Notícias

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.