Dodge toma posse e troca 2 membros da Lava Jato

A gestão da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deu mais um passo no sentido de trocar a composição do grupo de trabalho da Operação Lava Jato. A equipe de Raquel comunicou ontem a dois procuradores que eles não devem continuar na força-tarefa montada por Rodrigo Janot, cujo mandato à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR) terminou ontem. A posse de Raquel será hoje, às 8h. É o que mostra reportagem de Vinicius Sassine. O grupo montado por Janot foi formado por dez procuradores da República, que o auxiliaram nos inquéritos da Lava Jato envolvendo políticos com foro privilegiado. A nova composição do grupo que vai auxiliar a procuradora-geral ainda não está fechada.

Num primeiro momento, sete integrantes do grupo na gestão de Janot haviam manifestado a Raquel a intenção de sair. Depois, numa reunião entre equipes de transição, houve um recuo e alguns deles manifestaram a intenção de ficar, pelo menos durante a transição entre as duas equipes. Raquel e Janot são de grupos opostos na PGR. Há menos de um mês, Raquel anunciou mudanças na estrutura de Lava Jato. Será criada uma nova secretaria, de Função Penal Originária no Supremo Tribunal Federal (STF), que vai abarcar o grupo de trabalho da operação. A titular será a procuradora regional Raquel Branquinho, que tem histórico de atuação em casos de corrupção, como o mensalão. O grupo da Lava-Jato será capitaneado por dois procuradores da República experientes em casos como os mensalões petista e mineiro e a Operação Zelotes: Alexandre Espinosa e José Alfredo de Paula.


*Tribuna da Bahia

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.