Novidades

Em depoimento Ferraz revela que buscou dinheiro a mando de Geddel

Braço direito de Geddel, Gustavo Ferraz, preso na sexta-feira (8) e exonerado da diretoria-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal) pelo prefeito ACM Neto após sua prisão, revelou durante depoimento, que atendeu ao pedido do ex-ministro Geddel Vieira Lima e foi à São Paulo apanhar dinheiro com um emissário do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB). A “missão” teria ocorrido em 2012.

Na semana passada a Polícia Federal encontrou digitais de ambos em notas dos R$ 51 milhões apreendidos em apartamento emprestado ao ex-ministro.


*Radar da Bahia

Um comentário:

  1. Essa galera merece o mesmo destino dos petistas que foram condenados, cadeia. Nao foi a toa que estavam juntos. Lula.Dilma. Temer. Cunha. Gedel.Jader Barbalho.Maluf. Ciro Gomes. Acm. Renan Calheiros. Sarney. Roseana Sarney. Sérgio Cabral. Tem muito mais safados que se juntaram em 2002. Pra pagar a todos esses bandidos e mantê_los juntos só roubando mesmo. Só mesmo uma briga entre eles pra se descobrir todo esse roubo. Eles vacilaram e Temer saiu do grupo. Agora lascou!

    ResponderExcluir