Novidades

Mãe de PM morto diz que filho tinha acabado de receber apartamento

Inconformada com o assassinato do único filho, o subtenente da Polícia Militar Fabiano Fortuna e Silva, dona Adelaide Fortuna falou durante o velório, que ocorre nesta sexta-feira (29), que agora entende as mães que enfrentam perdas com a violência.

"Pouco antes [do crime], ele esteve em casa e saiu. Quando eu soube, ele já tinha sido baleado. Eu senti que ele não estava bem. Eu disse: Meu Deus, eu tenho certeza de que eu perdi meu filho. É uma dor tão grande que eu espero que eu consiga superar”, lamenta.

“Agora entendo as mães que vejo nas reportagens que os filhos foram mortos por assalto. Só posso dizer a elas que estou tentando me recuperar", desabafa.

Adelaide ainda relata que o filho, vítima de um assalto no estacionamento do shopping Paralela, tinha acabado de receber as chaves do apartamento próprio e estava na rua comprando itens para o imóvel. "Ele recebeu o apartamento dele anteontem. Ele ontem estava agilizando as coisas para comprar, para ajeitar o apartamentozinho dele. Foi comprar alguma coisa no shopping para depois voltar para o apartamento. Mas, infelizmente, não deram essa oportunidade", relata emocionada.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário