Novidades

Dilma pode ser candidata ao Senado ou à Câmara: "Vou avaliar"


A ex-presidente Dilma Rousseff concedeu entrevista ao jornal português Diário de Notícias e falou sobre o atual momento político, bem como sobre sua expectativa para as próximas eleições 2018. 

Ela ainda não decidiu se sairá candidata ao Senado ou à Câmara dos Deputados: "Vou avaliar". Em contrapartida, garantiu apoio incondicional ao ex-presidente Lula, durante a campanha. "Minha única certeza é de que estarei na luta, aconteça o que acontecer. Vivi dois golpes, sobrevivi aos dois, nunca fui candidata antes de disputar a Presidência da República e sempre fiz política. Vou continuar fazendo. Este é o caminho para conter o retrocesso".

Perguntada sobre a candidatura de Lula, ela considerou ser algo imprescindível para a democracia. "Ao darem o golpe, os golpistas pensavam que nos destruiriam, mas quem acabou destruído foram os partidos conservadores, PSDB e PMDB, fortalecendo um candidato de extrema-direita [Jair Bolsonaro]. Agora, a aposta dos golpistas é a condenação de Lula para impedi-lo de concorrer porque, em todos os cenários, ele tem o dobro das intenções de voto dos demais concorrentes somados", considerou.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário