Novidades

SIMÕES FILHO: Secretária se manifesta sobre denúncias no CREMEB e Ministério Público

É muito delicado o atual momento que vive a saúde na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. A falta de remédios nos postos da saúde, é a principal reclamação da população simõesfilhense. 

Diante de todos os problemas enfrentados diariamente, a Secretária da pasta Drª Bethânia Lessa, recentemente foi denunciada ao CREMEB e o Ministério Público pelo médico ortopedista Drº Ewerton Bastos. 

Na denúncia Ewerton alega que foi suspenso o atendimento para cirurgia de mão e que a secretária cobra rigor na carga horária dos médicos, porém trabalha três dias da semana fora de Simões Filho. 


Em entrevista ao Panorama de Notícias, a gestora se pronunciou sobre o polêmico assunto.


"Essa denúncia chegou para mim no dia 11 de julho de 2017, tanto do Ministério Público quanto do CREMEB e já foram respondidas. O rigor do atendimento dos nossos colegas eu não peço porque, quando eles assinam o contrato com a prefeitura eles assinam um contrato de 20 hs, e isso não é exigido. O que a gente pede a eles é que trabalhem dois turnos para atender os pacientes, quanto a cirurgia de mão elas realmente foram suspensas agora, e eu tenho comigo toda estatística que foi realizada desde março de 2015 até dezembro de 2016 e que o número não é compatível com o que foi denunciado. Quanto eu trabalhar em outros lugares, ele não mentiu de jeito nenhum, é verdade eu trabalho em São Francisco do Conde dia de segunda e quinta onde saio de casa às 4h50 da manhã, e o meu trabalho lá não interfere absolutamente em nada o meu atendimento aqui em Simões Filho. Dia de sexta-feira pela tarde eu estou realmente no hospital do subúrbio, eu estou todos os dias aqui em Simões Filho, inclusive em vários finais de semana eu estou aqui na cidade" explicou. 




Por Ataíde Barbosa



Nenhum comentário