Novidades

Bahia recebe a Ponte Preta na Arena Fonte Nova


O Bahia inicia neste domingo (5) uma sequência de jogos importantes para se livrar do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Às 17 (horário de Salvador), o time de Paulo Cézar Carpegiani tem um confronto direto contra a Ponte Preta, e vencer significa estar muito próximo da salvação.

Com a distância de quatro pontos para os quatro últimos lugares, o técnico Paulo Cézar Carpegiani decretou o valor da partida contra o clube de Campinas, que está na 17ª posição e vem de um triunfo importante contra o líder Corinthians.

"Vamos entrar agora em uma fase aguda, muito mais importante que o presente momento. Vamos precisar de todos, torcida, jogadores, para definir uma situação o mais rápido possível e aspirar uma coisa a mais", disse o técnico.

Carpegiani tem uma arma chamada Edigar Junio. O atacante tem sido importante nas últimas cinco partidas, com quatro gols marcados. O camisa 11 destacou a importância do duelo.

"É um jogo de seis pontos. A gente ainda está ameaçado. Sabemos que precisamos de pontos para poder livrar de vez [do risco de rebaixamento]. Temos que ter seriedade, pés no chão, para poder fazer uma grande partida, dar alegria ao torcedor, e distanciar cada vez mais", explicou.

Para a partida, o Tricolor terá o retorno de Mendoza, que estava suspenso. Outra novidade é a volta de Juninho Capixaba na lateral esquerda. Por outro lado, o Tricolor segue sem Edson, lesionado, e Matheus Sales será obrigado a cumprir suspensão automática.

A Ponte Preta, por sua vez, veio para a capital baiana repleta de desfalques. O atacante Emerson Sheik, o lateral Danilo Barcelos e o volante Naldo estão suspensos, enquanto Renato Cajá e Luis Alí seguem se recuperando de lesão.  O grupo da Macaca tem um pacto de livrar a equipe da degola.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Ponte Preta
Campeonato Brasileiro – 32ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 05/11/2017
Horário: 17h (Horário da Bahia)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ)
Assistentes adicionais: Rodrigo Nunes de Sá e Pathrice Wallace Corrêa Maia (ambos do RJ)



Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Juninho, Renê Júnior e Vinícius (Régis); Zé Rafael, Mendoza e Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani

 
Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Yago, Rodrigo e Jeferson; Fernando Bob; Claudinho, Elton, Jádson e Maranhão (John Kleber ou Léo Artur); Lucca. Técnico: Eduardo Baptista




*Bahia Notícias

Nenhum comentário