Novidades

Geddel “colocou dinheiro” em empreendimentos imobiliários, diz ex-assessor


O ex-assessor parlamentar do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Job Ribeiro Brandão, disse em depoimento à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria-Geral da República (PGR) que o parlamentar e o seu irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, "colocavam dinheiro" para empreendimentos imobiliários por meio da empresa Cosbat. Entre os empreendimentos, está o edifício La Vue, em Salvador.

O La Vue e a Cosbat estiveram no centro da polêmica que gerou a saída do ex-ministro da Secretaria de Governo em 2016. Na ocasião, o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, pediu demissão e afirmou que sua saída era motivada pela pressão exercida por Geddel para liberar a construção do empreendimento. Geddel comprou um imóvel no La Vue, mas negou o tráfico de influência.

Segundo Brandão, Geddel e Lúcio "tinham uma participação" na Cosbat, empresa responsável pelos empreendimentos. "Geddel e Lúcio Vieira Lima tinham uma participação na empresa na qual os irmãos colocavam dinheiro para empreendimentos", consta no termo de depoimento prestado na última terça-feira, 14, ao qual a Agência Estado teve acesso.

Ele contou ainda que a pedido de Geddel, Lúcio e da mãe dos dois, "auxiliou na destruição de anotações, agendas e documentos, se recordando que destruiu documentos relacionados à Cosbat".


*Radar da Bahia

Nenhum comentário