Novidades

Guto Ferreira retorna e é o novo treinador do Bahia


Pouco menos de sete meses depois, o Bahia oficializou através do SMS, o retorno do técnico Guto Ferreira ao clube. Após passagem pelo Internacional, onde acabou demitido no final da Série B, Gordiola volta ao Fazendão para comandar o tricolor na próxima temporada. 

No clube gaúcho, Guto Ferreira foi demitido há duas rodadas do fim da Série B, após empatar com o Vila Nova no Beira-Rio por 1x1. Mesmo não confirmando o acesso naquela partida, Gordiola deixou o comando do colorado com a equipe na vice-liderança, com 64 pontos, dois a menos que o América-MG, que depois se tornaria campeão. Em seu contrato, havia uma cláusula de renovação automática em caso de acesso, que acabou não sendo conseguido efetivamente no campo, justamente pelo empate com o Vila Nova, em casa. 

Ao todo, foram 42 partidas à frente do Inter, com 21 triunfos, 11 empates e 10 derrotas. O aproveitamento foi 60,60%, inferior ao da passagem pelo tricolor entre 2016 e 2017, quando comandou a equipe em 55 jogos, com 30 triunfos, 14 empates e 11 derrotas, o que corresponde a 63% de aproveitamento. 


Primeira opção 
Apesar do acerto entre as partes, Guto Ferreira não era a primeira opção da diretoria tricolor. Segundo apurou o CORREIO, Nelsinho Baptista foi o primeiro a ser procurado, mas acabou fechando com o Sport, seu último clube no Brasil antes de ir para o futebol japonês. Diante do assédio do Bahia, o rubro-negro pernambucano quitou até uma dívida antiga para assegurar o retorno do treinador à Ilha do Retiro. 

Outros treinadores também foram sondados, como Marcelo Oliveira, que deve ir para o exterior, o uruguaio Diego Aguirre e até mesmo Marcelo Chamusca, que acertou sua renovação com o Ceará após o acesso à Série A. A permanência de Carpegiani também foi cogitada pela nova diretoria, mas a vontade do treinador em mudar de função acabou sendo determinante. Ele deve seguir carreira como executivo de futebol e foi até sondado pelo Flamengo.



*IBahia

Nenhum comentário