Novidades

Para não engordar nas festas de fim de ano a 'comilança' deve ser planejada


Com a chegada do final de ano abre a temporada de festas e confraternizações. A época do Natal e do Ano Novo é famosa principalmente pela comilança que as datas proporcionam. E não tem jeito: quase todo mundo sai da rotina, comete certos exageros na hora de aproveitar esses eventos e descuida da alimentação.


De acordo com a nutricionista Alice Alagia, as pessoas acabam exagerando porque associam o final do ano ao final de um ciclo, no qual é preciso aproveitar, se permitindo, dessa forma, comer as coisas que durante todo o ano foram evitadas. E tal como o final do ano é um final de ciclo, o início do novo ano também é uma oportunidade para recomeçar, então acaba deixando para o outro ano a meta de se alimentar de forma mais saudável. A nutricionista considera essa atitude um erro e parabeniza quem procura apoio antes das festas de final de ano.
Apesar do número de pessoas que marcam consultas depois das festas ser maior, para ela, quem deixa para o ano seguinte o objetivo de se alimentar melhor acaba exagerando ainda mais nas festas. A primeira dica de Alice é, portanto, solicitar ajuda nutricional o mais cedo possível. Outra dica é procurar compensar esses exageros com atividade física, de preferência aeróbica, que queima mais calorias. “Uma corrida ou caminhada antes ou depois de uma noite de fartura pode ajudar a manter o equilíbrio da balança. Só não vale se exercitar para ganhar créditos e exagerar no dia seguinte” , esclarece a nutricionista

Alice diz que limitações sempre vão existir para quem quer comer melhor, mas o segredo é realmente não exagerar. Ela indica que pessoa escolha as festas nas quais vai comer mais, e escolher outras para maneirar, sempre pensando em manter o equilíbrio. “Se a festa ou confraternização for em casa é ainda mais fácil. Dá pra fazer uma comida separada, menos calórica, para quem quer manter o peso, sem comprometer a animação da festa”, disse a nutricionista.



*Bahia Notícias

Nenhum comentário