Novidades

Após arrombar boxes, ex-primeira-dama do Amazonas é presa

Edilene Oliveira, ex-primeira-dama do Amazonas, foi presa nesta quinta-feira (4) após ser filmada coordenando o arrombamento de boxes de armazenamento. Acusada de comandar desvios milionários no setor da saúde, assim como o seu marido, o ex-governador José Melo (Pros), que também está preso, Edilene foi levada à carceragem da Polícia Federal.

De acordo com a PF, a ex-primeira-dama e outros dois parentes estiveram na empresa Paraguardar e, por estar sem as chaves, que foram apreendidas por uma operação da PF, Edilene orientou que funcionários violassem os boxes. O episódio ocorreu no dia 23 de dezembro.

Câmeras de segurança no local flagraram o momento em que uma caixa é levada por um dos seus acompanhantes.

Ainda segundo a corporação, o casal teria tentado intimidar construtores que fizeram reformas de uma mansão. Um deles relatou o recebimento de meio milhão de reais em dinheiro como pagamento das intervenções.

A juíza Jaiza Fraxe, que acatou o pedido de prisão solicitado pelo Ministério Público Federal, disse que há "provas suficientes de materialidade do crime de peculato, lavagem, fraude em licitações, corrupção e organização criminosa".



*Metro1

Nenhum comentário