Novidades

Delegado é preso acusado de receber dinheiro para soltar traficantes

Foi preso na manhã desta segunda-feira (29), em Matinho, no litoral norte do Paraná, o delegado Max Dias Lemos, é acusado de receber cerca de R$ 50 mil para libertar dois traficantes da prisão, segundo o Ministério Público de Ibaiti.

O delegado foi detido após a Operação Atrox.

"O representado Max Lemos Dias manipulou o inquérito policial em proveito próprio pois recebeu a quantia de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) (...) para desfazer a lavratura do auto de prisão em flagrante e liberá-los", diz trecho do despacho que autorizou a prisão de Max.

Além do delegado, mais três pessoas foram detidas na operação, que foi coordenada pelo MP, no norte do Paraná. 
Entre os presos, estão os traficantes que foram liberados por Max, conforme a promotoria informou.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário