Em segunda estância Lula é condenado há 12 anos de prisão, em decisão unânime


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi condenado por unanimidade pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator do processo, Leandro Paulsen ,revisor da ação e Victor Luiz dos Santos Laus. 

A pena imputada pelo juiz federal Sérgio Moro, de nove anos e meio de prisão, foi ampliada para 12 anos e um mês de detenção em regime fechado, além de 280 dias/multa. 

O julgamento foi realizado nesta quarta-feira (24), no Tribunal Regional Federal (TRF-4), em Porto Alegre. Lula é acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). 

A defesa do ex-presidente poderá apresentar recurso ao próprio TRF4 para contestar a decisão ou recorrer às instâncias superiores. 

O julgamento durou 8 horas e 15 minutos (além de uma hora de intervalo).

Lula, que é pré-candidato à Presidência da República, não pode ser preso imediatamente, porém poderá ser declarado inelegível.





Por Ataíde Barbosa

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.