Novidades

URGENTE: Mãe faz apelo para o filho de 20 anos em Simões Filho


O amor incondicional e a fé em Deus, são os sentimentos que têm movido e dado forças a dona de casa, Noélia Cardoso Gomes, 49 nos, moradora do bairro Engenho Novo, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Essa mãe está aflita e busca por ajuda para proporcionar melhores dias de vida ao seu filho de 20 anos.

A dona de casa convive em uma humilde residência, com seus dois filhos, Geovane Gomes e o jovem Adielson Gomes dos Santos, que nasceu com paralisia cerebral, sendo este, totalmente dependente de cuidado e há 20 anos conta apenas com o amor genuíno da sua mãe para manter-se vivo. “A minha vida é somente cuidar dele. Ele é totalmente dependente de mim, eu que dou banho e o alimento, pois ele passa todo tempo na cama. Ele não enxerga, não fala e não possui nenhum movimento dos braços ou pernas. Estarei lutando por ele até o dia que Deus achar que devo fazer isso“, afirmou.

Solteira, desempregada e sem ter a quem recorrer, Noélia faz um apelo às autoridades do município, e ao empresários que se sentirem tocados, para lhe ajudar a garantir melhores qualidades de vida ao seu filho que tanta ama. “Peço que as autoridades olhem mais para as crianças que têm esse problema, ninguém dá atenção, só os pais mesmo que cuidam delas, as autorialidades esquecem dessas crianças“, salienta.

As preocupações são muitas para Noelia, pois a família conta apenas com um salário mínimo, benefício do jovem Adielson, para custear com todas as despesas da casa, e por isso ela resolveu buscar por ajuda.
 “Não tenho apoio de ninguém, conto somente com a ajuda de Deus, ele é quem me sustenta”, ressalta.
Além de enfrentar as dificuldades financeiras, a mãe lamenta não poder proporcionar momentos de lazer ao filho, por ele não possuir uma cadeira de rodas adaptada que garante uma boa locomoção e conforto ao garoto. “Muitas vezes preciso sair, eu levo ele no colo, que apesar de magro pesa bastante, pois não tenho carro, nem cadeiras de rodas. Preciso muito de uma cadeira adaptada, que caiba ele para fazer essa locomoção. Fiquei sentida por não poder levá-lo para igreja, nem mesmo à Vila Natalina que está tão bonita. Não pude levar para fazer foto dele”, contou com tristeza.

Ainda segundo Noélia, além da necessidade de uma cadeira de rodas, ela conta também com todo tipo de ajuda. “O que ele mais precisa no momento é a cadeira, mas aceito também doações de fraldas descartáveis geriátrica tamanho P”, concluiu.

Quem quiser ajudar o jovem Adielson Gomes dos Santos pode entrar em contato pelo numero: 71 98711-9991

Matéria escrita por Débora Souza/Simões Filho Online

*As informações são de Cristiano Assunção, repórter do programa Panorama de Notícias, transmitido na rádio Simões Filho FM.

Nenhum comentário