Novidades

Aliança partidária é o entrave para ACM Neto definir se sairá ou não candidato ao governo

Pouco mais de 15 dias e o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) deve decidir se vai sair candidato ao Governo do Estado, em disputa com o atual governador, Rui Costa (PT).

Para isso, Neto tem se reunido com lideranças e deputados federais para então bater o martelo e confirmar se vai ou não concorrer ao Palácio de Ondina. Em conversa com o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM) e o deputado Federal, Paulo Azi (DEM), para tomar a decisão, Neto quer avaliar o eleitor da capital.

O que pesa para o prefeito decidir é a montagem da chapa viável, competitiva e robusta, o que ainda não tem. Na mira do DEM, estão as siglas do PP e PR. Segundo informações do Bocão News, Neto não quer perder um segundo sequer tentando explicar o "bunker" de R$ 51 milhões atribuídos ao seu aliado Geddel Vieira Lima, preso pela Polícia Federal (PF) há cinco meses.

O deputado federal Paulo Azi não pensa em outro nome que não seja o de ACM Neto. “O prefeito não tem feito isso, nós é que temos conversado com alguns amigos”, disse ao BN. Segundo ele, o DEM não trabalha com a hipótese de o prefeito de Salvador estar fora das urnas em outubro.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário