Novidades

Defesa de Jaques Wagner se manifesta sobre acusação da PF "Factoides e inverdades"


O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) é alvo da Polícia Federal acusado de receber R$ 82 milhões de propina e dinheiro para a campanha de Rui Costa (PT) em, 2014, conforme disse a delegada da Polícia Federal Luciana Matutino, nesta segunda-feira (26). 

O Advogado de defesa do petista, Pablo Domingues falou sobre acesso ao inquérito.

“A gente ainda não teve acesso integral ao inquérito. Do que a gente tem conhecimento, é que esses valores são valores feitos de modo aleatório, há uma fragilidade na elaboração dessas contas. São factoides, são inverdades. Ele está muito tranquilo com relação a isso, porque jamais houve essa situação. Está absolutamente tranquilo em relação a isso”, declarou Domingues.



Por Ataíde Barbosa/Foto: Reprodução

Nenhum comentário