Novidades

“Eu vim aqui hoje para renunciar, mas vou continuar porque não sou covarde”, revela Bolly Bolly durante sessão


O vereador Cleiton Aparecido (Bolly Bolly) utilizou uma parte de seu tempo na tribuna da Câmara para fazer um desabafo, durante a sessão ordinária realizada no início da noite desta terça-feira (27), em Simões Filho.

De acordo com o edil, em uma conversa com o presidente da casa, Genivaldo Lima, pouco tempo antes da sessão começar, ele revelou que tinha ido a Câmara com o desejo de renunciar o seu mandato de parlamentar.

“Eu tenho pedido muito a Deus que eu consiga chegar até o termino do meu mandato. Eu tinha dito ao presidente que eu ia chegar nesta tribuna hoje e renunciar. Porque só a gente sabe o que a gente está passando nestas comunidades. Eu sou um cara humilde, pobre, vou morrer pobre, mas rico de espírito”.

Apesar do desânimo em continuar parlamentar, o edil declarou ainda que “carrega consigo muita dignidade e que isso é a procedência de vida herdada de sua mãe” e por causa dela “se sente feliz em representar uma cidade com quase 140 mil habitantes.”

Motivado pela discussão entre os vereadores Adailton Caçambeiro e Vel, Bolly Bolly disse que todos tem direito de errar, assim como ele já errou algumas vezes na tribuna, mas acredita que, ao invés de brigar por atenção, os parlamentares deveriam está discutindo a questão da violência na cidade.

“Muitas vezes eu já me coloquei aqui nesta tribuna de maneira errada, mas quem nunca errou nesta cidade? Todos nós erramos porque nós somos falhos, somos de carne e osso. Mas o público não vem aqui pra ver certas manifestações, porque isso não vai levar a nada. Nós poderíamos estar aqui discutindo sobre a violência na nossa cidade, discutido e elogiando o prefeito, que tem buscado melhorias para o nosso município”, completou.

De acordo com o edil, muitos vereadores de mandatos anteriores não conseguiram executar suas indicações por falta de empenho do Executivo, mas segundo ele, Dinha tem proporcionado um ambiente mais dinâmico entre o grupo, permitindo que todos busquem melhorias pelos seus bairros e garantam o desenvolvimento da cidade.

“Muitos passaram por aqui, mas não puderam construir muitas coisas e hoje nós estamos aqui para construir o futuro de nossa cidade. Estamos aqui pra levar fortalecimento pra nossa cidade. As comunidades estão morrendo e é isso que nos temos que discutir aqui”.

Antes de concluir, Bolly Bolly voltou a falar em renunciar, mas revelou que optou em continuar parlamentar porque tem coragem suficiente para exercer a função. “Eu vim aqui para renunciar, mas vou continuar porque não sou covarde. O povo precisa da gente. Vamos parar com isso e vamos lutar por nossa cidade.”



*Mapele News

Nenhum comentário