Novidades

Ex-deputado federal Luciano Pizzato passa mal em hotel de Brasília e morre aos 60 anos

O ex-deputado federal do Paraná Luciano Pizzatto morreu na madrugada desta quarta-feira (21). O corpo do atual secretário de representação no Paraná em Brasília, foi encontrado num quarto de hotel na capital federal. Ele iria completar 61 anos na sexta-feira (23) e sofreu um mal súbito por volta da 1 hora no quarto do Hotel Nacional.

Pizatto acompanhava a vice-governadora Cida Borghetti numa agenda na capital federal. Ele era muito próximo de Cida e estava cotado para assumir uma secretaria de Estado na gestão da vice. A assessoria da vice-governadora confirmou a morte do ex-deputado.

O ex-deputado se desequilibrou ao deitar na cama, bateu a cabeça na cômoda e o Samu foi chamado. Ele não resistiu. A causa da morte ainda não foi definida.

Pelo perfil no Facebook, Cida Borghetti lamentou a morte do amigo. “Hoje o Paraná e o Brasil perderam Luciano Pizzatto, um dos maiores especialistas do país em meio ambiente. E eu perdi um grande amigo”, escreveu.

Pizzato tinha diabetes e já havia sofrido problemas cardíacos. Ele foi deputado federal por quatro legislaturas e também exerceu a função de deputado estadual. Em 1992, concorreu à Prefeitura de Curitiba, sendo o terceiro mais votado. Na última eleição, foi candidato a vice na chapa de Maria Victória (PP).

Nascido em Curitiba em 1957, Pizzatto formou-se em engenharia florestal pela UFPR. Presidiu a Companhia Paranaense de Gás (Compagas). Especialista em direito socioambiental, publicou diversos trabalho sobre questões de meio ambiente. Pizzato deixa esposa e três filhos.

Luto oficial
O governador Beto Richa lamentou o falecimento de Pizzato e decretou luto oficial de três dias no Estado. Ele também determinou que a Casa Militar dê suporte para a liberação do corpo.

O velório vai acontecer na capela do Palácio Iguaçu, em Curitiba, e deve ter início no começo desta noite de quarta-feira, após os trâmites para translado do corpo.


*BandaB

Nenhum comentário