Novidades

Fábio Mota nega responsabilidade e diz que rodoviários pararam por "questão comercial"

Durante entrevista a uma rádio de Salvador, nesta segunda-feira (26), o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, negou que a Prefeitura de Salvador tenha responsabilidade na negociação entre os rodoviários da Cooperativa dos Permissionários do Subsistema de Transporte Especial Complementar do Município. A categoria realiza uma paralisação nesta manhã para cobrar integração com o sistema do metrô.


O responsável da Semob afirmou que não compete à gestão municipal entrar em debate de questão no setor privado com os motoristas do Stec, o Subsistema de Transporte Especial Complementar.

"Há mais de seis meses, o Município autorizou a integração dos amarelinhos. Autorizamos por ofício para as cooperativas e para o presidente do Setps [empresários]. Dependeria da questão comercial, coisa que o Município não pode entrar. Nós monitoramos as reuniões e autorizamos a integração com o metrô. Mas, infelizmente, o Stec não conseguiu um acordo comercial com o Setps e resolveram hoje fechar as vias da cidade por conta de uma questão comercial deles", disse na entrevista.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário