Novidades

Governo investiga a participação de milícias no assassinato de Marielle Franco



Dentre as primeiras informações obtidas pelo governo de Michel Temer (PMDB) sobre a investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e de seu motorista Anderson Pedro Gomes, é que milícias possivelmente estariam envolvidas no crime.

De acordo com o G1, os assessores presidenciais afirmaram que essa é uma linha das investigações, mas que não se sabe qual grupo chegou a matar a vereadora. Em postagem no Twitter, o presidente apontou que casos como o de Marielle são o que motivaram a decisão da intervenção do governo federal na segurança pública do Rio de Janeiro. 

"Por isso, aliás, nós decretamos a interdição. Para acabar com esse banditismo desenfreado que se instalou naquela cidade por força das organizações criminosas", disse Temer. Ele ressaltou que as forças armadas estão no estado para "restabelecer a paz e a tranquilidade".



*Bahia Notícias

Nenhum comentário