Novidades

Homem perde pernas, dedos e parte do rosto após arranhão e lambida de cachorro

O britânico Jaco Nel brincava com seu cachorro Harvey, um cocker spaniel, quando percebeu um pequeno arranhão em sua mão. Ele limpou o ferimento e continuou com seus afazeres habituais, porém duas semanas depois ficou doente. 

Com sintomas parecido com gripe, na verdade o motivo do mal-estar era uma bactéria, passada pelo contato com a saliva do seu cão, que provocou uma infecção no corte e evoluiu para septicemia: uma reação exacerbada do sistema imunológico diante de um processo infeccioso. 
A septicemia é considerada a principal causa de morte por infecção no mundo. Nel passou cinco dias em coma, meses no hospital, perdeu as duas pernas, todos os dedos de uma mão e, além disso, teve o nariz e os lábios desfigurados. Seus rins também falharam, e ele teve que fazer diálise durante dois meses.

"Eu soube quase desde o princípio que acabaria perdendo as pernas e os dedos, mas não tinha certeza do que aconteceria com meu rosto. No final, perdi a ponta do nariz e meus lábios têm cicatrizes."




*IBahia


Nenhum comentário