Novidades

Maconha desaparece de delegacia e policiais põem culpa nos ratos

"Cadê a maconha que tava aqui? O rato comeu!", teria perguntado o delegado e respondido um dos policiais de uma delegacia em Buenos Aires, na Argentina. O fato é inusitado, mas merece atenção.

De acordo com o jornal argentino El Patagónico, os policiais acusaram os ratos de "roubarem" 540 quilos de maconha apreendidos, que estavam na delegacia. O material ilícito simplesmente sumiu do local.

O sumiço da droga só foi percebido porque quando a delegacia troca de comandante, ele precisa assinar um inventário, onde consta todos os produtos apreendidos e que estão guardados. Ao todo, três comissários estão sendo acusados.

Após acusação aos ratos, o Ministério da Segurança da Agentina abriu uma investigação para analisar o caso e assegurou que a maconha já estava seca, pois estava armazenada há dois anos. Ainda de acordo com as investigações, se os ratos tivessem comido a maconha, eles teriam morrido. Nenhum cadáver do animal foi encontrado.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário