Novidades

'Narrar não é só coisa de homem, muito menos futebol', declara narradora baiana



Ao pesquisar "narradoras de futebol" no Google, a plataforma de busca tenta corrigir as palavras-chave e pergunta se, na verdade, você não quis dizer "narradores". Parece simples, mas uma sugestão como essa mostra o quanto há poucas representantes femininas entre a categoria, principalmente de futebol. Diante dessa realidade, dois canais de TV estão buscando mulheres para integrar a sua equipe de narração. 

A Fox Sports iniciou o projeto “Narra Quem Sabe”, para encontrar mulheres que integrem a equipe durante a Copa do Mundo, enquanto o Esporte Interativo busca, através de um reality show chamado “A Narradora Lays”, uma mulher para acompanhar um dos jogos da Liga dos Campeões, diretamente da Europa. Os dois processos seletivos possuíram representantes soteropolitanas entre os candidatos. Entre elas, Camilla Garcia, que fez parte do programa do Esporte Interativo, mas foi eliminada no sábado (21), ficando entre as cinco finalistas, e Manuela Avena, que ainda está participando da seleção da Fox Sports. Para as duas, a paixão pelo futebol começou desde cedo. 

“Gosto de futebol desde muito pequena, as primeiras lembranças da minha vida sempre foram de estar chutando as coisas pela casa, pela rua ou por qualquer lugar que eu passava. Eu não escolhi ser apaixonada por futebol em algum momento, simplesmente aconteceu”, lembrou Camilla. Já Manuela conta que pertencia ao grupo de meninas que jogava no intervalo das aulas. “O futebol entrou na minha vida desde muito cedo e depois, mais velha, sempre gostei, sempre acompanhei, sempre foi uma coisa muito natural para mim”, diz ela. Leia a matéria completa no BN Mulher!




*Bahia Notícias

Nenhum comentário