Novidades

Polícia encontra digitais de assassino da vereadora Marielle Franco

Policiais civis e federais que investigam a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes conseguiram colher digitais parciais do assassino.

Segundo divulgado pelo jornal O Globo hoje, as marcas foram encontradas nas cápsulas da pistola 9mm utilizada no crime – a munição estava na esquina das ruas João Paulo I e Joaquim Palhares, no Estácio, onde aconteceu o ataque.

A digitais, nas palavras dos peritos, estão fragmentadas. O que significa que, em um primeiro momento, não podem ser comparadas com as armazenadas no banco de dados das polícias do Rio e Federal.

Ainda assim, agentes que atuam no caso afirmam que é possível confrontá-las com as de um eventual suspeito.


*Metro1

Nenhum comentário