Novidades

“A Jotagê não está cumprindo aquilo que está dentro das contratações", diz Vereador Bolly Bolly

O vereador Cleiton Bolly Bolly utilizou a tribuna da Câmara na sessão desta terça-feira (15) para chamar a atenção das empresas terceirizadas que prestam serviço ao município de Simões Filho e de alguma forma estão descumprindo o contrato.

Em especial, Cleiton se reportou a empresa de limpeza urbana, Jotagê que segundo ele está há quase um mês sem a máquina que recolhe o lixo, deixando o trabalho braçal dos funcionários ainda mais pesado.

“A Jotagê não está cumprindo aquilo que está dentro das contratações e foram exigidas perante o município. Por exemplo, a Bobicat que está há mais de 20 dias sem funcionar sacrificando os funcionários que estão trabalhando com a pá, quando o trabalho mais pesado deveria ser feito pela máquina”, revelou Cleiton.

O vereador denunciou que ao invés das caixas coletoras, a empresa está colocando tonéis para recolher o lixo. “Lá na minha comunidade tinham vários tonéis ao invés de coletor, agora estão mudando tudo. Eu estou descendo por goela abaixo”, comemorou Bolly.

O vereador também criticou o setor de licitação da prefeitura, que segundo ele deveria ser mais criterioso. “Eu quero chamar a atenção do pessoal que faz as licitações na cidade. Nós temos que ver realmente quem são essas empresas que vêm para a cidade, pegar o CNPJ e verificar o passado delas”.

Bolly Bolly salientou as más condições de limpeza que a cidade está enfrentando e disse que quando reclama, tem pessoas que desaprovam sua conduta querendo encaminhá-lo para a Comissão de Ética.

“Nós temos que estar atentos a essas manobras dessas empresas que vêm para Simões Filho só para ganhar dinheiro e não fazem realmente o que precisa ser feito. Quando a gente reclama fica um bocado de gente aí de biquinho, então me bote na ética. A cidade não pode continuar cheia de lixo, porque nós não merecemos isso”, comentou ele.

Em apoio à fala de Bolly, o vereador Eri disse que “cabe sim ao prefeito e aos vereadores chamar essas empresas para responder o que o edital exige e o que elas estão realmente fazendo”.

Jailson Soares (Jajai) também manifestou apoio ao nobre colega e incentivou o parlamentar a protocolar um ofício convocando os representantes da empresa para uma reunião com o legislativo.

“Nós temos que já protocolar o ofício ao preposto da empresa para uma reunião, para esclarecer todos esses detalhes do contrato e que possamos adequá-lo naquilo que é de direito da empresa que presta o serviço”, disse Jajai.

O vereador e líder da oposição, Sandro Moreira também mostrou engajamento em resolver o problema junto a Jotagê, se colocando a disposição para protocolar o ofício e fiscalizar a empresa.

“Eu gostaria de me solidarizar com a reivindicação do vereador Bolly Bolly e dizer que a obrigação de buscarmos a operacionalidade das empresas que participaram e que venceram as licitações é nossa como vereador fiscalizar. A Jotagê não tem cumprido com o contrato e na qualidade de presidente da Comissão de Justiça o vereador Sandro Moreira irá oficiar a empresa para que ela possa se pronunciar acerca dos ditames”, declarou Sandro.




*Mapele News

Nenhum comentário