Novidades

Confira sete alimentos que são excelentes para bebês


O tempo voa, não é mesmo? O seu filh@ nasce hoje, mas em um piscar de olhos, vocês, papais, ficam preocupados na melhor opção de alimentação para dar ao seu bebê. Confira aqui sete alimentos que são excelentes para um crescimento forte e saudável para os pequenos. 

Leite materno: O leite materno contém substâncias bioativas, tais como ácidos graxos poli-insaturados de cadeia longa (AGPICL), que são essenciais para o desenvolvimento cerebral. A partir dos seis meses, é importante começar a introduzir outros alimentos. No entanto, tente manter a amamentação, em paralelo, pelo menos até os dois anos de idade.

Ovo: É fonte de colina, nutriente essencial para o funcionamento de todas as nossas células. Ela ainda é precursora da acetilcolina, um neurotransmissor importante que participa do desenvolvimento da memória e concentração. O alimento pode ser introduzido a partir dos seis meses, visando reduzir o risco de alergias. Evite usar óleo no preparo e prepare o ovo cozido, poché ou mexido.

Fígado de boi ou galinha: Este é um dos alimentos mais ricos em colina, e pode ser introduzido no cardápio da criança quando ela estiver por volta de um ano de idade. Também possui alto nível de ferro, ótimo contra a anemia. Só tome cuidado para que o alimento seja fresco e de boa qualidade. O fígado pode substituir a carne vermelha uma vez por semana, no máximo, por conta do alto colesterol.

Carne: É fonte de proteínas de alto valor biológico e fornece todos os aminoácidos essenciais (não produzidos pelo organismos), usados para a produção do tecido muscular. Comece a introduzir a carne na dieta do bebê a partir dos seis meses. Prefira cortes magros (patinho, alcatra, filé-mignon) e bem limpos, sempre preparados de forma cozida ou grelhada, desfiada ou moída.Dar dessa forma é importante para estimular as estruturas de mastigação e fala. Reveze com frango ou peixe e tome cuidado com o sal na hora de temperar.

Peixes de água salgadaSalmão, atum e sardinha possuem DHA, principal componente lipídico do sistema nervoso central e importante no desenvolvimento neurocognitivo.É indicado introduzir o alimento a partir dos sete ou oito meses, dependendo da indicação do pediatra, para diminuir o risco de alergia. Cozinhe e desfie bem antes de oferecer à criança -- e evite dar peixe cru pelo menos até os dois anos, para evitar risco de contaminação.

BrócolisAlém de ser uma excelente fonte de vitamina K, ótima para a capacidade cognitiva e melhora da habilidade de raciocínio e aprendizagem, possui altos níveis de fibras, bons para a digestão, e várias vitaminas. Apenas evite triturá-lo, pois o vegetal perde alguns nutrientes.

Folhas verdes-escuras: Espinafre e couve são boa fonte de vitamina K, antioxidantes e ferro. Ainda possuem uma substância chamada luteína, que tem importante papel na preservação da capacidade cognitiva e protege os neurônios. A dica é misturar com outros alimentos, como o ovo, e transformar em uma deliciosa omelete, por exemplo.




*IBahia

Nenhum comentário