Novidades

Pai "registra" filho recém-nascido com o nome de "Vaineymar" e mãe fica desesperada

Em época de Copa do Mundo, o coração de quem tem paixão pelo futebol fica mais intenso. Isso fica tão evidente quando essa paixão perpassa alguns limites. O pai de um bebê que acabara de nascer (no dia da abertura da Copa) no Rio de Janeiro foi além: o vendedor carioca Raphael Faisel, de 36 anos, resolveu registrar o nome de seu filho "Vaineymar dos Santos Veloso Batista". Pasmou? 

O casal levou meses para escolher o nome do filho. Quando decidiu, resolveu homegear o avô. O bebê se chamaria Antônio. Da maternidade para o cartório, Raphael trolou a esposa Fernanda. Ao chegar na maternidade, com uma certidão de nascimento nas mãos, voltou ao leito de Fernanda, e concentrando-se para não rir, disse. “Deu tudo certo. Fui o primeiro, foi rápido, está aqui a certidão.”

A mãe se ajeitou para conferir o documento e tomou um susto ao ver o nome no pequenino. “Vaineymar dos Santos Veloso Batista”, nascido “aos treze (13) dias do mês de junho (06) do ano de dois mil e dezoito (18)”. “Não acredito que você fez isso!”, expressou-se, assustada. “Vou fazer tudo o que eu puder para cancelar esse negócio", bradou. Sério, Raphael respondeu: “Amor, é Copa. O Brasil vai ser hexa, vai ser Vaineymar o nome dele, sim.”

Ao perceber a indignação da esposa, Raphael até tentou segurar o riso, mas teve que revelar a verdade quando notou “uma veia tremelhicando na testa” de Fernanda. “Vaineymar” é uma piada interna do casal. “Eu gosto muito de ver os jogos da seleção, mas ela não gosta. Ela é Flamengo, e pra ela só existe Flamengo. Quando a gente vê jogo da seleção, fico tirando foto nossa e coloco ‘Vai Neymar’ na legenda”, explicou Raphael. 

A ideia da pegadinha havia nascido meses antes. Ao chegar no cartório, ele verbalizou o plano de chamar seu filho de “Vaineymar” à escrivã. Sua surpresa foi grande quando a escrivã não apenas achou aquilo muito engraçado como também resolveu entrar no jogo. Enquanto ela redigia a certidão verdadeira do bebê Antônio, preparou uma falsa para que ele pudesse tirar sarro da esposa.

A brincadeira, então, foi revelada e Fernanda se recompôs do susto. Apesar de os dois terem rido muito, Raphael temeu que a esposa pudesse ter alguma complicação lactante. “Ela passou por um trauma. Depois alguns amigos mais sensatos disseram que ela podia até ter secado o peito”, disse o pai. “Mas deu tudo certo, está tudo bem", disse aliviada. Antônio é o segundo filho do vendedor e nasceu saudável.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário