Novidades

Beleza: Mulheres recorrem a preenchimento em busca do mamilo perfeito



Nada como um espelho para, todos os dias, lembrar a alguém do que precisa ser consertado ou melhorado no próprio corpo. Bastam uma espiada e uma pitada de vaidade para que a imperfeição gere incômodo. E, quando esse espelho assume ares de celebridade, o efeito pode ser ainda mais decisivo. Não tem sido diferente quando o assunto é Kendall Jenner. A jovem modelo americana, meia-irmã caçula da socialite Kim Kardashian, vem inspirando um movimento crescente no Brasil desde 2017: o preenchimento de mamilo. Isso porque ela tem se tornado cada vez mais um símbolo de sexualidade, em virtude dos avantajados bicos dos seios.

— A procura aumentou cerca de 30% nos consultórios médicos do ano passado para cá por causa da irmã da Kardashian — atesta o médico Vitorio Maddarena, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Os principais objetivos das mulheres que recorrem ao procedimento são corrigir mamilo plano, "dobrado" ou flácido, de acordo com o cirurgião plástico Luiz Victor Carneiro Júnior. O preenchimento é feito com ácido hialurônico, que é reabsorvido pelo organismo após um ano.

— Colocamos um creme anestésico no local e deixamos agir por dez minutos. Depois, aplicamos até 1ml de ácido hialurônico com uma pequena agulha conectada a uma seringa. Dá volume na hora — explica o médico, acrescentando que a região pode ficar um pouco inchada, dolorida e roxa na primeira semana.

A enfermeira Danielle Heimann, de 37 anos, que fez a remodelação do mamilo com Carneiro, conta que foi influenciada por amigas que fizeram a aplicação.

— Meu seio era grande demais pra um mamilo pequeno e para baixo. Isso me incomodava. Fiquei satisfeita e vou fazer de novo quando precisar — conta.

Não recomendado para jovens
Apesar da onda protagonizada por Kendall Jenner, os especialistas ouvidos pela reportagem são unânimes em não recomendar o preenchimento para mulheres muito novas (Kendall tem apenas 22 anos). Eles explicam que as jovens ainda estão com o mamilo em desenvolvimento, e que o mais indicado é esperar. Quem ainda pretende amamentar também deve desconsiderar o procedimento. Isso porque, alertam, a injeção pode danificar os ductos que conduzem o leite, prejudicando a lactação.

— Na minha prática, eu recomendo mais como um fim médico. É bem indicado para quem fez uma cirurgia devido ao câncer de mama, por exemplo, e o mamilo foi perdido — diz a dermatologista Christiane Gonzaga, afirmando que já se recusou a fazer o procedimento em pacientes muito jovens. — É uma calamidade.

Após uma cirurgia de reparação da mama, a atriz Cris Probba, de 40 anos, ficou com o mamilo disforme. Por isso, tem se consultado com Christiane antes de se submeter à remodelação do bico dos seios.

— Depois de ter duas filhas, eu tive uma perda de volume e fiquei com flacidez na mama. Decidi colocar uma prótese, mas não tive boa cicatrização. Então, o mamilo ficou muito chapado. O que eu julgava que seria uma insatisfação eterna, agora vou conseguir recuperar — comenta a paciente.

Em meio a uma atual corrida pelo procedimento, o cirurgião Vitorio Maddarena também faz suas ressalvas.

— A função de um órgão deve vir sempre antes da estética. Então, fazer um preenchimento no mamilo é uma coisa que tem mais controvérsias do que uma indicação correta — alerta o médico.

O cirurgião Luiz Victor Carneiro Júnior. destaca a importância de uma conversa franca entre o paciente e o profissional, com todos os esclarecimentos necessários. Não adianta se precipitar.

— Muito da felicidade das pacientes depende da consulta prévia e de elas entenderem todos os prós e contras. Isso é alinhar a expectativa ao resultado — afirma o cirurgião.

O preenchimento de mamilo varia entre R$ 1.500 e R$ 3 mil, dependendo da quantidade de ácido hialurônico utilizado no procedimento.



*IBahia


Nenhum comentário