Novidades

Rui Costa e ACM Neto propõem pacto de paz durante desfile de 7 de Setembro

O tradicional desfile do Sete de Setembro, que celebra dos 196 anos de independência do Brasil, foi iniciado com muita chuva, em cerimônia conduzida pelo governador Rui Costa (PT), pelo prefeito ACM Neto (DEM) e pelo vice-almirante Almir Garnier Santos, comandante do 2o Distrito Naval. As informações são do Correio.

ACM Neto e Rui ressaltaram a importância da data para que o futuro do país seja priorizado no debate público e pregaram a necessidade de um pacto nacional pela paz, em especial após o ataque, nesta quinta-feira (6), ao deputado Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL. 

"Neste momento em que as pessoas estão sofrendo com o desemprego, a violência, a precariedade dos serviços públicos, é muito bom ver que as pessoas não perderam a esperança na sua nação, que as pessoas estão aqui para valorizar o seu país. Eu acho também que é uma demonstração de confiança no futuro. O bem maior que nós temos no país são as pessoas. As pessoas estão acima dos erros cometidos pela política", disse Neto. 

O governador afirmou que, especialmente este ano, o Brasil precisa se encontrar e se unir em torno de um projeto que garanta qualidade de vida para todos e a democracia. 

"Espero que mude o tom do embate político e passe a ser uma eleição alicerçada em propostas, que garantam emprego e renda. É preciso falar sobre os valores que fundam a sociedade, de valores da família e da paz", disse o governador. 

Sobre o ataque a Bolsonaro, ambos condenaram o ato e pregaram o debate e a paz na campanha deste ano. Ao lembrar que Bolsonaro não é seu candidato, Neto disse que o ataque foi um atentado à democracia. "Eleição você ganha no debate, no convencimento, no confronto de ideias, jamais com violência. O Brasil não é o que acoonteceu ontem em Minas Gerais. Eu torço para que o candidato Jair Bolsonaro possa se reestabelecer, que possa sair desse episódio com sua vida inteiramente preservada", afirmou Neto que também é presidente nacional do Democratas.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário