Novidades

SAUDADE: Um ano sem Binho do Quilombo, missa é realizada nesta quarta (19)

Faz um ano nesta quarta-feira (19) que o jovem Líder Quilombola Flávio Gabriel Pacifico dos Santos de 36 anos, Binho do Quilombo como era conhecido, foi executado com vários tiros em frente a Escola Municipal Nova Esperança, localizada na Rua Esperança, em Pitanga de Palmares. 

Na manhã desta quarta-feira (19), uma missa em homenagem póstuma a Binho, foi celebrada na Paróquia São Miguel de Cotegipe, no centro de Simões Filho, com a presença de familiares e amigos.
Bernadete Pacifico mãe de Binho, falou com o Panorama de Notícias, sobre o triste assunto. 

"Estamos caminhando atras dessa justiça, inclusive eu estava aqui com o nosso defensor público e chorando eu pedi a ele que nos ajude a fazer justiça pelo que fizeram com o meu filho. Eu tenho certeza que Deus vai nos ajudar e o legado do meu filho continua, eu continuo trabalhando até o dia que Deus me der o fôlego da vida", desabafou Bernadete. 
O irmão de Binho, Jurandir também presente na missa falou com o Panorama de Notícias.

"Um ano sem o nosso líder, o nosso guerreiro, o nosso amigo, o nosso irmão Binho do quilombo, infelizmente há um ano atrás nesse horário meu irmão já tinha levado cerca de dezessete tiros a queima roupa. Esse é um crime que está aqui na delegacia de Simões Filho, sob a tutela do Delgado Drº Ciro e eu creio que ele vai elucidar o caso, mesmo porque ele já tem provas para começar a prender os acusados", declarou Jurandir. 

O prefeito Dinha não compareceu na missa e nem mandou representante, apenas o vereador Orlando de Amadeu (PSDB), esteve na igreja.



Por Ataíde Barbosa







Nenhum comentário