Novidades

ACM Neto: ‘Se Alckmin tiver dois votos, vai ser um dele e um meu’

Mesmo com a debandada de candidatos do seu grupo político para o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), reafirmou, a dois dias do primeiro turno, o seu apoio ao tucano Geraldo Alckmin (PSDB).

“Se Alckmin tiver dois votos, vai ser o dele e o meu. Ninguém joga a toalha de véspera. Não vamos antecipar o reconhecimento de vitória ou derrota de ninguém”, declarou o democrata, em entrevista à Rádio Itapoan.

Neto reconheceu que ficou “chateado” com o anúncio de apoio do candidato ao governo Zé Ronaldo (DEM) a Bolsonaro, mas afirmou que o assunto “está encerrado”. “Não escondi que fiquei chateado, mas sou um cara democrata. Ele quis tomar essa posição. Eu discordo, mas tenho que respeitar”, disse.

Embora tenha negado novamente um abandono à campanha do correligionário, o prefeito não foi a Feira de Santana nesta sexta-feira (5), onde Zé Ronaldo participou de caminhada.

“O que nos une é muito mais forte do que essa diferença em relação ao apoio expressado por ele a Jair Bolsonaro. Estamos unidos pelo propósito maior de enfrentar o PT. Isso não seria abalado em função desse dissenso. Agora há pouco, acabei de vir do Lobato. Estava fazendo caminhada, levando o nome de Zé Ronaldo”, declarou.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário