Novidades

Ex-jogador do Coritiba é encontrado morto em crime macabro

Com sinais de tortura, o meia Daniel, de 24 anos, com passagens por Botafogo, São Paulo, Coritiba e que estava defendendo o São Bento, foi encontrado em uma plantação de pinos em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na manhã do último sábado (27). O caso aconteceu em uma estrada de terra perto da Rua Augusto Micrute, na Colônia Mergulhão.

De acordo com o guarda municipal Célio, o detalhe que mais chamou a atenção na ocorrência é que o cadáver teve o pênis decepado. “Pela aparência do corpo, foi uma situação bastante violenta mesmo, a pessoa matou com muita raiva. O homem tinha dois cortes profundos no pescoço, teve a cabeça quase degolada, e a genitália foi cortada. A princípio, o órgão não foi encontrado no local”, comentou ele em entrevista à Banda B.

Ele relatou, ainda, que alguns moradores que andavam pela região acabaram achando o corpo. “Essa estrada é um pouco deserta e já conhecida pela desova de cadáveres. No caso de hoje, tudo indica que o rapaz foi executado aqui na rua e arrastado por cerca de 30 metros, dentro de uma plantação de pinos”, completou.

Carreira
Natural de Juiz de Fora-MG, Daniel foi revelado nas categorias de base do Cruzeiro e teve destaque atuando pelo Botafogo, clube que defendeu em 2013 e 2014. Posteriormente, foi negociado com o São Paulo, onde não conseguiu ter sequência por conta de lesões. O meia atuou no Coritiba em 2017, vindo de empréstimo do time paulista, mas também não teve chances, com apenas seis jogos com a camisa alviverde.

Na atual temporada, o meio-campista atuou pela Ponte Preta no primeiro semestre e atualmente vestia a camisa do São Bento-SP, pelo qual disputou duas partidas na Série B do Campeonato Brasileiro.

O Instituto de Criminalística foi acionado para realizar a perícia na cena do crime. O corpo deve ser recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Polícia Civil investiga o caso.


*Banda B

Nenhum comentário