Novidades

Rui diz que PT precisa de nova agenda e pede ‘endurecimento de penas’

O governador da Bahia Rui Costa (PT), candidato à reeleição, disse neste domingo (7) que o problema da Segurança Pública, uma das áreas em que sua gestão sofre mais críticas, depende de políticas nacionais e deve ser uma das principais bandeiras do novo presidente da República.

Em coletiva, após votar no Colégio Estadual Duque de Caxias, na Liberdade, o petista defendeu o endurecimento das penas para crimes como o homicídio, se aproximando da agenda de candidatos como o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as pesquisas de opinião de votos.

“Tem problemas reais que nós precisamos colocar como prioridade no cenário nacional […] A população brasileira clama por uma solução que não chegará em estado nenhum se a ação continuar desarticulada entre os estados federados […] porque as grandes quadrilhas elas são hoje nacionais e internacionais, o tráfico de drogas é responsável por 75% dos homicídios e ele não é formado por gangues estaduais”, justificou.

Rui disse que os governos precisam “ouvir a sociedade” sobre o assunto e afirmou que vai conversar com o candidato do PT ao Palácio do Planalto Fernando Haddad na terça-feira (9) para que ele inclua a reflexão sobre o tema no Plano de Governo.

“Ontem mesmo ele firmou em Feira [de Santana] que vai definitivamente mudar a lei para colocar a Polícia Federal para assumir nacionalmente o combate ao tráfico e ao crime organizado”, concluiu.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário