Novidades

Mulher em coma há mais de dez anos dá à luz em clínica e polícia investiga estupro

Uma paciente em coma há 14 anos, internada em uma clínica no Arizona, nos Estados Unidos, deu à luz no fim do ano passado e deixou a polícia local em estado de alerta. Nenhum funcionário estava ciente da gravidez da mulher e o caso, agora, é investigado como possível estupro.

“Nenhum dos funcionários estava ciente de que ela estava grávida até o momento que ela estava dando à luz”, declarou um familiar da paciente ao jornal Fox. A mulher está internada na Hacienda HealthCare, na cidade de Phoenix, desde um afogamento que a deixou em estado vegetativo. O parto ocorreu no dia 29 de dezembro de 2018.

De acordo com o parente, a vítima não tinha como se defender de uma tentativa de estupro ou mesmo como se comunicar para alertar que estava grávida. “Pelo que me disseram, ela estava gemendo. E eles não sabiam o que havia de errado com ela”, afirmou.

Uma enfermeira auxiliou no parto e a criança passa bem. A clínica disse ter alterado o protocolo de atendimento e afirmou que, agora, sempre que um funcionário precisar entrar no quarto de uma paciente, deve ser acompanhado por alguma funcionária.

O caso está sendo investigado internamente e também pelo Departamento de Saúde do Arizona.



*Yahoo

Nenhum comentário