Novidades

Após ser flagrada em festa, Suzane Richthofen perde direito às saídas temporárias

Condenada por matar os pais com a ajuda do namorado em 2002, a detenta Suzane von Richthofen perdeu o direito às saídas temporárias, depois de ser flagrada em uma festa durante a saída temporária de Natal, em dezembro de 2019.

A punição tem validade para as três próximas 'saidinhas' - Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Pais. Suzane cumpre pena na penitenciária de Tremembé (SP).

Conforme informações do G1, a medida sobrepõe a decisão anterior, da juíza plantonista, Sueli Zeraik. Na ocasião da infração, em dezembro de 2018, ela entendeu que não havia irregularidade e manteve autorizada a saída de fim de ano da presa. A nova decisão, da juíza do caso, Wania Regina da Cunha, foi assinada na última semana e foi baseada em um pedido do Ministério Público.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário