Novidades

Mestre de obras é morto com pedrada na cabeça em Periperi

Um mestre de obras foi encontrado morto no início deste domingo (24), por volta das 5h, ao lado da construção em que ele trabalhava, na Rua Manoel Lima, no bairro de Periperi, próximo ao Hospital do Subúrbio.

O corpo de Luís César dos Santos Candeias, 54 anos, foi encontrado com um ferimento na cabeça e ao lado de uma pedra tipo paralelepípedo. Mais tarde, a Polícia Civil confirmou que ele foi morto vítima de uma pedrada na cabeça.

De acordo com parentes, a vítima trabalhava há cerca de 15 dias na obra, que acontecia no primeiro andar de uma lanchonete. De acordo com moradores, ele foi visto momentos antes da morte, por volta das 1h, caminhando próximo ao empreendimento. 

Problemas com álcool
A irmã de Luís, a dona de casa Luciana Candeias, 41, disse ao CORREIO que o irmão passou a morar próximo ao local de trabalho assim que conseguiu o serviço temporário na construção. Antes disso, o mestre de obras estava internado em uma clínica de reabilitação para alcoolista.

“Ele saiu da casa de recuperação há cerca de 15 dias. Ele não tinha um endereço fixo e vivia de favor, de casa em casa. Em Periperi, ele passou a morar, desde então, na casa de um homem, próximo ao local onde conseguiu um trabalho, mas não sabemos a identidade dessa pessoa", conta.

"Ele tinha problemas de alcoolismo, mas não mexia com ninguém, era apenas brincalhão”, completou a irmã. 

Luciana conta ainda que foi avisada sobre a morte do irmão por volta das 7h, quando chegava à igreja que frequenta para participar de uma cerimônia religiosa.

"Fiquei sem acreditar porque ele era uma pessoa boa. Até agora estamos sem saber o que aconteceu. Fui avisada pelo dono da obra, quando estava chegando na igreja", lamentou.

A família do mestre de obras mora no bairro de Itacaranha, também no Subúrbio Ferroviário. No local onde aconteceu o crime, poucos sabem dizer o que houve com a vítima.

"Ninguém sabe dizer o que aconteceu. Ninguém ouviu e viu nada. Estamos sem saber nada sobre a morte", relatou uma outra irmã do mestre de obras, a autônoma Eliana Candeias, 38. O enterro de Luís César aconteceu na manhã desta segunda-feira (25), no Cemitério Municipal de Periperi. 

Polícia investiga o caso
De acordo com a Polícia Militar, uma equipe da 18ª Companhia Independente da PM (CIPM/Periperi) foi acionada por volta da 8h30, após ser informada sobre a presença de um corpo na Rua Manoel Lima. "Ao chegarem no local, as equipes da 18ª CIPM isolaram a área e acionaram o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc)", informou a guarnição em nota. 

Já a Polícia Civil informou que recebeu uma denúncia que relatava haver um corpo do sexo masculino no bairro de Periperi, às 9h10. No local, os policiais civis isolaram a área e fizeram o levantamento cadavérico. 

Não há informações sobre a autoria e a motivação do crime. O caso está sendo investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios Baía de Todos-os-Santos (3ª DH- BTS).



*Correio da Bahia


Nenhum comentário