Novidades

ACM Neto critica falta de policiamento no arrastão de Igor Kannário

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (05/03), última dia do Carnaval de Salvador desse ano, o prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), criticou a falta de policiamento no arrastão de Igor Kannário, que aconteceu ontem no Campo Grande.

“Quando Kannário passou aqui, não havia policial militar. Não estou querendo, com isso, questionar nada. Não sei se foi uma orientação de não acompanhar Igor Kannário, mas acho que foi um erro”, disse Neto.

O prefeito preferiu minimizar as críticas de aliados, como os deputados Dayane Pimentel e Capitão Alden, ambos do PSL. Os parlamentares repudiaram o apoio da gestão municipal ao pagodeiro.

“Não tenho vocação de censurar ninguém. Cada um tem a sua opinião e pode dar a sua opinião”, afirmou o democrata, que complementou.

“A minha opinião é que Kannário é um artista importante. Ele faz hoje o maior arrastão do Carnaval de Salvador. Não vejo motivo para levantar essa polêmica. O Carnaval da Bahia é um espaço para todos os ritmos. Eu acho que Kannário acrescenta e ele fez um bom Carnaval”, opinou.

Sobre a utilização do nome de uma facção no figurino de Kannário, ele rebateu: “sem dúvida nenhuma o desejo de Kannário era trazer uma mensagem de paz”, finalizou o prefeito ACM Neto.



*Informe Baiano

Nenhum comentário